HOME | EMPRESA | LOJAS | CADASTRE-SE | CONTATO
  HOME | VOLTAR

MDF ou MDP - Saiba a diferença !

A principal diferença entre o MDP e o MDF é que no painel de MDP são utilizadas partículas de madeira em camadas, ficando as mais finas nas superfícies e as mais grossas no miolo. Já no MDF aglutinam-se fibras de madeira. Porém, ambos são classificados como painéis de madeira de média densidade.

O MDP e o MDF são produzidos através de idênticos processos de fabricação e tecnologia, exceto quanto à produção de partículas no MDP e fibras no MDF. Adicionalmente, os dois processos utilizam as mesmas espécies de madeira, totalmente originárias de florestas plantadas.

Uma outra diferença refere-se à aplicação final dos produtos.

O MDP e o MDF, por utilizarem madeira proveniente de áreas de reflorestamentos, manejadas de forma ambientalmente correta, economicamente viável e socialmente justa, são sim produtos altamente ecológicos. No entanto, se considerarmos que o consumo de madeira para a fabricação do MDP é menor que na fabricação do MDF, podemos dizer que, entre os dois, o MDP é mais ecológico.

MDF

MDF é uma sigla em inglês que significa "Medium Density Fiberboard" que, traduzindo para o português, quer dizer "chapa de fibra de madeira de média densidade". O MDF se diferencia do outro painel também feito com fibra de madeira - a "chapa de fibra".

As diferenças entre MDF e chapa de fibra estão no processo produtivo, no tipo de resina e no fato de o MDF ter as faces com maior densidade que a camada interna.

Características:

O MDF é praticamente equivalente à madeira nas possibilidades de trabalhar a matéria-prima. Os painéis são superfícies grandes perfeitamente homogêneas e sem orientação das fibras, o que permite cortes em qualquer sentido e apresentação de superfície lisa e uniforme ao toque.

Vantagens:

- Comporta aplicação de todos os tipos de revestimentos, desde pintura/impressão até papéis impressos
ou unicolores e lâminas de madeira.
- É praticamente equivalente à madeira em termos de trabalhabilidade.
- O fato de ser um painel de fibras não-orientadas permite que seja cortado em qualquer sentido.
- Suas fibras possibilitam trabalhos de usinagem muito precisos, furação e uma ampla gama de acabamentos.
- Apresenta grande resistência e não sofre com a variação de temperatura.
- Resistente à abrasão.
- Ecologicamente correto: produzido com madeira reflorestada.

Desvantagens:

Assim como os demais painéis de madeira e como a própria madeira, é vulnerável a ambientes úmidos.
Em tais condições, superfície e topo devem ser recobertos ou protegidos.

MDP

O MDP é um painel de madeira industrializada, assim como o Compensado, o MDF e o OSB.

O MDP é resultado do uso intensivo de tecnologia de prensas contínuas, de modernos classificadores de partículas e complexos softwares de controle de processo, associado à utilização de resinas de última geração e madeira de florestas plantadas.
Por isso, o MDP pertence a uma nova geração de Painéis de Partículas de média Densidade com características superiores e totalmente distintas dos painéis de madeira aglomerada de antigamente.

MDP é a abreviação de ou Painel de Partículas de Média Densidade.

O MDP é especialmente indicado para a produção de móveis residenciais e comerciais de linhas retas, formas ogânicas, que não exijam usinagens em baixo relevo, entalhes ou cantos arredondados.

Principais aplicações:

. Portas retas
. Laterais de móveis
. Prateleiras
. Divisórias
. Tampos retos
. Tampos pós-formados
. Base superior e inferior
. Frentes e laterais de gaveta

Características:

. Alta densidade das camadas superficiais, assegurando um acabamento superior nos processos de impressão, pintura e revestimentos.
. Produção com o conceito de 3 camadas: colchão de partículas no miolo e camadas finas nas superfícies.
. Homogeneidade e grande uniformidade das partículas das camadas externas e internas.
. Propriedades mecânicas superiores: melhor resistência ao arrancamento de parafuso, menor absorção de umidade e empenamento.
. Utilização de resinas especiais de última geração.
. Utilização de madeiras selecionadas provenientes de florestas plantadas, econômica e ecologicamente sustentáveis.

Vantagens:

Para se ter competitividade num produto, um móvel precisa aliar seu estilo e desenho às características técnicas dos painéis disponíveis. O MDP, painel de madeira mais utilizado no mundo, proporciona tudo isso na fabricação de móveis residenciais e comerciais.

Sozinho ou junto de outros tipos de painéis, um móvel que utiliza MDP em sua estrutura, será sempre mais econômico e competitivo, perto de móveis feitos com outras matérias-primas similares como o MDF, e ainda oferecerá melhor garantia e qualidade.

Desvantagens:

Assim como os demais painéis de madeira e como a própria madeira, é vulnerável a ambientes úmidos.
Em tais condições, superfície e topo devem ser recobertos ou protegidos.

HOME | TOPO | VOLTAR

 

Produzido por: